PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Tracker chega em março e preço deve partir de R$ 79,9 mil

UOL Carros

24/01/2020 04h00

A estratégia foi praticamente alinhada com a rede Chevrolet, que fala pouco, mas está certa que a GM vai utilizar de jogada semelhante a do Onix para batizar os preços do Tracker 2020, ao mesmo tempo que corrige os erros de largada na ação do compacto. O lançamento, em março, será feito em duas etapas: a seletiva da mídia especializada e nos revendedores um open door (portas abertas) para clientes. Os carros seguirão nas cegonhas (caminhões), no próximo mês, na saída do carnaval.

A expectativa inicial de vendas traduz nos seguintes valores, apurados hoje, a partir de R$ 79,9 mil a versão de entrada que cola na proposta da Hyundai com o Creta Atitude e na Premier 2, a ideia é chegar aos R$ 111 mil. Sai de cena o atual bônus de até R$ 10 mil para o limpa estoque do modelo velho.

O novo Tracker é o próximo lançamento mais aguardado para o mercado brasileiro. Flagramos em nosso Instagram, com as fotos do carona Rafael Carminati, O SUV da GM, que já deu centenas de voltas em território nacional com e sem camuflagem, e agora parte para a fase de treinamento de rede para em seguida distribuição. Cena que só faz aumentar a curiosidade dos fãs que já esperam o carro para os próximos 90 dias.

As versões de entrada do utilitário usarão o mesmo 1.0 turbo que desenvolve até 116 cavalos e 16,8 kgfm de torque utilizado nas mais completas do Onix. Associado ao motor estará o câmbio automático de seis velocidades. Dúvida temos da opção manual em desuso no segmento.

Enquanto isso, na opção topo de linha, Premier, o propulsor será o 1.2 turbo de três cilindros que tem como base a opção aspirada de 90 cavalos utilizado pelo Onix no México e nos Emirados Árabes Unidos, onde o propulsor entrega até 132 cv e 19,1 kgfm de torque quando movido a gasolina. Pode girar um pouco mais? Sim. Depende da calibragem.

O novo Tracker, assim como vi na China, vai trazer ainda central multimídia com internet 4G, carregador de celular sem fio, chave presencial, assistente e estacionamento automático e o melhor de tudo para o fabricante é que deixará de ser coadjuvante no segmento para disputar o título de papel principal.

O modelo agora passa a ser fabricado em São Caetano do Sul (SP), junto com o Onix, o que aumenta a quantidade de versões disponíveis no mercado local, bem como o número de versões.

Sobre o Autor

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Blog do Jorge Moraes