PUBLICIDADE
Topo

GM descarta Salão até mesmo em 2021 e põe em xeque a realização do evento

Jorge Moraes

11/03/2020 06h00

Parecia que a novela envolvendo o Salão do Automóvel de São Paulo havia esfriado, na sexta-feira passada, após a coletiva da Anfavea – associação que representa os fabricantes de automóveis – na qual a edição deste ano, do maior evento automotivo da América Latina havia sido adiada para 2021. Mas parece que o este capítulo está longe de terminar. A líder de vendas de carros no Brasil, a General Motors, informou nesta terça-feira que descarta a participação no evento mesmo no ano que vem, o que já põe em xeque a realização da mostra em 2021.

Segundo a GM, a marca "aposta cada vez mais no marketing digital e em uma jornada do consumidor totalmente customizável, concentrando seus investimentos em formatos inovadores de comunicação". Na nota, a GM afirma ainda que o Salão do Automóvel de São Paulo é um evento com "formato analógico", o que seria o motivo para o cancelamento da sua participação, inclusive em 2021.

GM no Salão de 2018

Na semana passada, o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, afirmou em entrevista coletiva que a decisão de adiar o Salão foi tomada entre a empresa organizadora do evento, a Reed Alcântara Machado, a própria Anfavea e as montadoras. "A decisão de adiar é consenso entre as marcas. A melhor solução é o adiamento para 2021, pois dependemos do formato e datas para saber quando será realizado", afirmou o presidente da Anfavea.

Conversamos com a BMW, Hyundai e Toyota e comentamos sobre a medida da GM, que antecipou um mal estar dentro da Reed Alcântara Machado, promotora do evento. Fontes da GM afirmam que "não aposta no modo obsoleto como o salão seria promovido" mas ao mesmo tempo que perguntamos se eles tinham sido contactados com alguma proposta é a resposta está no comunicado do fabricante, que lança na próxima semana, em São Paulo, o novo SUV Tracker.

As montadoras citadas estão esperando da organização um posicionamento sobre como será a proposta do novo evento para tornar público o posicionamento.

Sobre o Autor

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.