PUBLICIDADE
Topo

Mais uma montadora vai parar no Brasil por causa do coronavírus

Jorge Moraes

19/03/2020 21h26

A gigante Volkswagen vai parar por três semanas a partir desta segunda-feira. Além da Chevrolet que já anunciou a suspensão temporária das suas linhas de produção. A medida ocorrerá por três semanas e visa preservar a saúde de seus empregados e familiares em decorrência do avanço da COVID-19. A partir de 31 de março de 2020, os empregados estarão em férias coletivas por duas semanas. Ambas as medidas são parte das ferramentas de flexibilização previstas em Acordo Coletivo de Trabalho.

No Brasil, são 15 mil empregados, atuando em quatro fábricas (São Bernardo do Campo/SP, Taubaté/SP, São José dos Pinhais/PR e São Carlos/SP), um centro de peças em Vinhedo/SP e escritórios regionais com a missão de oferecer a melhor experiência de mobilidade para melhorar a vida das pessoas.

Nesta sexta-feira ou até no máximo segunda outros fabricantes de automóveis devem tomar a mesma medida de prevenção.

Sobre o Autor

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.